Brasileira amadora esposa peluda toca uma punheta taradão putinha de goiânia goiás

26 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

26 seg

Categoria:

Tag:

Brasileira amadora esposa peluda toca uma punheta taradão putinha de goiânia goiás

Brasileira amadora esposa peluda toca uma punheta taradão putinha de goiânia goiás

Então ele começou a bater punheta deixando só a cabeça na minha boca até urrar de tesão quando litros de porra jorrava na minha boca.

Aí ela disse: na verdade , proposta ele já fez , quero passar na volta é pra aceitar essa proposta dele mas não vou te contar o que é por enquanto , você vai ficar só imaginando o que o safado falou pra mim quando ficamos atrás da prateleira , rindo muito ela aumentou o volume do rádio e seguimos viagem naquela : Eu perguntando o que havia se passado na loja e ela dizia: aguarde corninho , aguarde seu safado , você vai saber na hora certa , não perde por esperar corninho safado !!Em breve conto para vocês como foi a festa deliciosa da qual participamos em Goiânia e como foi a volta , ao passarmos na cidade pra ela ver novamente o rapaz que deixou ela naquele fogo , hummmmmm , foi uma delícia de viagem , na ida e na volta , garanto!!Até breve.

E me perguntou se eu e minha esposa toparíamos fazer um “swing de punhetas”. Me desculpe eu não queria…"Somos um casal que se ama muito , casal jovem , cheio de sonhos e fantasias realizadas e outras ainda não realizadas , adoramos sair por aí , viajar e conhecer novas pessoas e lugares , adoramos Swing e Ménage feminino e masculino , atualmente a fantasia de ver minha loira com um amigo , é a que mais me realiza , tanto que ela me chama de “Corninho” e eu adoro , nada de humilhação extrema nem sadomazoquismo , etc mas a fantasia de uma terceira pessoa sempre nos faz bem , foi aí que aconteceu o fato que vou narrar pra vocês agora:Minha loira e eu estávamos viajando pra Goiás para participarmos de uma festa com muitos amigos casais e singles , o tesão estava a mil porque desde que falamos nessa festa , começamos a nos preparar com entusiasmo pois a festa prometia um fim de semana muito animado , no caminho paramos várias vezes em postos , restaurantes , etc… ela com um vestidinho branco muito bonito e um pouco curto que mostrava suas deliciosas curvas e seu bumbum gostoso quando se abaixava e um decote que deixava à vista seus deliciosos peitões que eu adoro mamar , hummmmmm , a loira é um tesão mesmo. mais meu marido ensistiu muito e topei tirei tudo e não e por ser eu não mais sou mais meu corpo agrada a muitos sou morena cor de cuia como falam seios durinhos e uma cintura de dar inveja tenho um bundão bem empinhadinho pernas grossas mais continuando tirei a roupa fiquei peladinha toda depiladinha ficamos num conto na praia se arretando meu marido começo pelo meu pescoço e foi descendo e nisso percebi que já tinha um taradao espiando confesso que gostei de ver o cara ali nos olhando e se masturbando e continuei fiz de conta q não vi fui pra frente do meu marido e peguei no pênis dele que e uma delicia e fui da uma mamada com o rabo bem empinado pois sabia que o outro estava atraz olhando meu marido o avistou e o chamou pra participar e eu bem sem vergonha deixei ele pega na minha bunda e eu continuei a a babar no pau do meu marido enquanto o outro metia de na minha bucetinha q já estava lambuzada meu marido pego minha cabeça e forçava no pau dele depois me virou de costas pra ele e meteu no meu cuzinho enquanto o outro metia na minha buceta e chupava meus seios os dois estavam quase gozando e eu adorando ter os dois dentro de mim me ajoelhei aos pés deles e os dois gozaram com vontade nos meus peitos….

Enquanto penetrava Mari gemia e pedia mais:-AIHHAIII…assim papai…fode tua menininha…que pauzão o papai safado tem…tá bom meter na filhinha?Resolvi brincar:-Que filhinha? Não era uma putinha? Eu acho que peguei uma vadiazinha na rua, quanto você cobra mesmo…cem reais?Ela sorriu com cara de sapeca e para gozar comigo:-Vai lhe custar tres mil reais…já esqueceu?Relaxados e ela já acostumada com meu pauzão dentro dela comecei a bombar,devagar no início e depois aumentando até ela voltar a gemer e gritar demonstrando muito prazer, eu tirava quase tudo e metia rasgando, esqueci que era minha filha, alguém pode me culpar? Bombei forte como as vadias gostam e ela aguentou bem, gritando pediu mais e mais até se descontrolar em múltiplos orgasmos.

Tenho uma pica de 18 cm, que sempre deixo sem pelos, pois acho que, se eu não gosto de chupar buceta peluda, minha esposa também não deve gostar de chupar meu cacete com pentelhos. Morávamos em uma grande capital brasileira, em um apartamento de 50 metros quadrados e para meu desespero minha filha ganhou um poodle macho de presente, cachorro já da trabalho, imaginem dentro de um apartamento.