Colega De Trabalho Deixou Chefe Filmar Mamando E Tomando Gozada Na Cara

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Colega De Trabalho Deixou Chefe Filmar Mamando E Tomando Gozada Na Cara

Colega De Trabalho Deixou Chefe Filmar Mamando E Tomando Gozada Na Cara

Aquilo me deu um tesão danado, fiquei louco e comecei a puxar assunto, me disse que estava na cidade a trabalho e no outro dia voltaria a sua cidade natal, eu falei que tambem voltaria no proximo dia.

…meu cuzinho já estava todo melado com a baba dele e aquela língua não parava de invadir meu rabo, até que senti uma pressão enorme e uma dor que nunca tinha sentido antes, não sabia o que era então tentei me virar pra ver e ele não deixou, continuou forçando e meu cu tava rasgando literalmente até que levei a minha mão para ver o que era e sabe o que eu peguei na entrada do meu cu? Peguei o punho dele, pq a mão tava toda dentro do meu rabo e ele forçando, delirei de tesao quando senti aquilo que a dor passou, comecei a rebolar na mão dele e meu pai começou a balançar, logo saiu muita baba dele e como eu tava de bruços no carro eu pude ver escorrendo aquele semen do meu pai, não cheguei a gozar mas tava quase, então ele tirou a mão de dentro e começou a bater na minha bunda, me chamar de gostoso, de cadelinha, de safado, me mordeu nas costas e orelha e meteu sem camisinha mesmo, com força e tesão, estava tomado pelo prazer, arranhava minhas costas, passava a mão, apertava minha bunda e eu pra provocar empinava bem e forçava contra o pau dele, ele gemia e uivava de tesão até que disse que ia gozar e perguntou onde eu queria, então eu pedi na boca, ele tirou de dentro e antes de eu começar a chupar peguei meu celular e liguei o flash pois estava noite e coloquei filmar e alcancei pra ele enquanto comecei a chupar aquele pau gostoso, lambi as bolas e passei a língua no cuzinho, ele gritou e disse que ia gozar, então eu chupei com vontade enquanto ele me filmava, jorrou porra na minha garganta que cheguei engasgar, tirei da boca e deixei derramar aquele leite grosso e cheiroso na minha barba e cara enquanto eu olhava pro celular com cara de safado, bati o pau na minha cara ate sair tudinho, muita porra, entrou ate no meu nariz. Um dia ele me liga dizendo que tinha combinado com a Marcela e uma amiga para sairmos, assim fizemos, fomos busca-las, fomos pra um barzinho, a Marcela com meu amigoe eu com sua colega, bebemos e saimos pra um motel, assim que vi a Marcela gostei logo é uma morena linda, bunda e seios grande, e o amigo dizia que tinha uma chupada maravilhosa, mais fiquei com sua amiga e depois fomos deixa-las. – Me fode safada… arrebenta meu cuzinho!!E eu obedecia… meti bastante e quando estava quase gozando mandei ela me chupar novamente…Ela chupou e enfiou um dedo no meu cu, depois dois dedos… e ficou mamando e me fudendo com os dedos até eu encher a boca dela com minha porra!!Foi um prazer imenso!!Tomei um banho e me despedi promentendo voltar.

E nós ficamos ali conversa vai, conversa vem, até que ela me contou uma historia, que me deixou surpresa e de pernas bambas, ela me falou que, quando ela estava na cama, dando uma trepada bem gostosa com o seu marido, ele sempre falava de mim pra ela, que eu era um tesão e que eu tinha uma bunda muito gostosa, ela me disse que ele era louco de tesão pela minha bunda e que o seu desejo era de comer o meu cu, ela sabia que eu gosto, quando alguém come o meu cuzinho bem gostoso, principalmente se o homem tiver um cacete, bem grande e grosso. Foi uma das melhores gozadas que já tive e a partir daquele momento eu realmente teria um animal na cama.

Na manhã seguinte estava com o corpo todo doido do trabalho e sai sem que ele soubesse, fui até a padaria tomar um café e quando retornei ele estava no portão tomando o seu café, dei bom dia e lelé me respondeu sem falar mais nada, achei estranho, mas depois do almoço ele veio até o meu jardim e perguntou se eu estava chateado ou magoado com ele, disse que não, que só achei estranho como ele ficou depois de gozar, ele então falou que eu poderia ficar triste pois ele gozou rápido, falei que não e se ele quisesse eu poderia dar novamente até ele conseguir comer meu rabo por completo, deu um sorriso e falou que eu era uma putinha gostosa e que meu rabo era uma delícia. O seu chefe lhe disso o trato, né?– Sim.