Ela dando a bocetinha peluda

1 min 29 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

1 min 29 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Ela dando a bocetinha peluda

Ela dando a bocetinha peluda

Ficou nadando na parte rasa, mas acabou chegando à parte funda e aí fingiu que estava se afogando. Só que agora na parte mais baixa.

Nos encaramos por alguns instantes e ele perguntou de novo “Velho ninguém pode ficar sabendo” eu confirmei novamente “Ninguém precisa saber mano” Apertei a bunda durinha que ele tem e começamos á nos beijar. Peguei a caminhoneta e quando cheguei no local, disse:– É melhor ir somente um senão pode acontecer algo com o gado.

– “Nem pense em sair daí, engraçadinho…”, disse, e enquanto o Marcos começava a bombar seu pau dentro da Paty, ela deitou-se sob a amiga, como em um meia-nove.

""Fiquei em choque, sem reação! Fechei a porta, fui pro quarto e arrumei minhas coisas. Tiramos muitas fotos para mandar depois de lembrança da sua primeira foda. Cinthia precisou de 30 aulas para aprender a dirigir direito… Foram quase dois meses de trepadas com o instrutor. O barulho do corpo dele se chocando contra o meu aumentava ainda mais meu tesão. Depois q comecei meu namoro com W não consegui mais parar de sair com ele. Com a bucetinha toda arregaçada. E ela chupava minha vara com mais vontade ainda, fazendo movimentos de vaivém com a boca.

Senti sua vara entrando gostoso e comecei a ‘cavalgar’ gostoso sobre ele. July não gemia tanto mas se jogava com força em cima do meu pau que já entrava e saía facilmente daquela bocetinha recém desvirginada, num pulo mais alto de July, meu pau escorregou para fora e sem querer entrou rasgando o seu cuzinho enquanto ela descia, fiquei preocupado pois começou a sangrar e July gritava muito.

Bem ele me olhou duas ou três vezes mais depois, estava acompanhado de uma senhora de mais idade, possivelmente professora pelo tom da conversa.

Ela pulou na piscina e ficou encostada na beira da piscina, no rumo da porta de entrada, como se ficasse observando se alguém iria aparecer. As mulheres decidiram ir deitar e se retiraram. A dor foi tanta que eu tentei sair dali mas ele me segurou novamente pelo pescoço. Diga, morena… como é a sua xaninha? Peluda, lisinha, depilada… descreva para nós.

Ela desliza suas mãos sob a almofada.