Fudendo A Safadinha Na Cama

Fudendo A Safadinha Na Cama

Fudendo A Safadinha Na Cama

Quer ver?– Claro que quero!Aí ela tirou o shortinho.

quando o padre pegou a pica pra botar nela. Alguns meses depois, aconteceu o aniversário de 19 anos de Bianca e eles combinaram de fazer uma viagem juntos para comemorar. – E aí, gostou? Não falei que você conseguia?– Adorei, Bruno. Ele olhou para ela e depois pra mim, e então ficou em silêncio. E antes de ir embora fomos p ducha finalmente, mas ela queria mais, já caiu de boca, pedi p vaca da o cuzinho bem gostoso dela, ela tem um rabo bem grande, mas ela não quis.

Chegando lá, com muita relutância e de portas fechadas eu abaixei minha bermuda e fiquei nu.

Ele meteu em mim e ficamos fudendo, mas estava faltando algo. Ele possuía vinte e cinco centímetros da barriga até o orifício da glande, que, por sua vez, tinha dezessete centímetros de circunferência; na base, junto ao abdome, o perímetro era de dezenove centímetros, e, no meio, impressionantes vinte e um centímetros. A Nicoli ficou sozinha de quatro no sofá, eu botei de volta a calcinha dela, porque queria aproveitar todos as posições e todas as visões possíveis, a Yasmin olhou para mim e falou.

Nisso fui colocando bem devagar até entrar até o talo. Mas ela, safadinha como era, de olho na porta do escritório do pai, procurava tesar o tio.

Passou pela minha cabeça como seria minha vida em casa depois de tudo aquilo, mas pensei também que não importava, afinal já estávamos fazendo “ensaios” para isso fazia meses, e seria hipocrisia fingir que o que estava acontecendo era algo diferente do que já estávamos fazendo. Perguntou se ele gostava de peixe, e diante da resposta afirmativa, ela pegou no congelador um bom pedaço de salmão e colocou para descongelar. – Entre no elevador a direita, cuidarei para que uma das meninas te encaminhe para a sala da chefia.

Enfim meu amigo me disse que na realidade, a menina era muito bonita, era um furacão na cama, por isso não se importou com esse lado meio alternativo.