Japinha Quase Nao Aguentou

4 min

Categoria:

Tag:

visualizações

4 min

Categoria:

Tag:

Japinha Quase Nao Aguentou

Japinha Quase Nao Aguentou

abraços a até próxima…Cada movimento que ele fazia me levava a um lugar diferente, o meu corpo entrava em ebulição. Do medo de ser pego em uma sacristia. Encontrei dois amigos que queriam brincar e o papo e câmera que se desenrolou a seguir, achamos que poderíamos nos encontrar. "Somente quando o dia estava quase raiando, elas se viram livres deles, que se revezavam no duplo estupro. "– Juro, claro (ai é que mora o perigo, eu também sou mulher, se ela não segurou o segredo dela eu é quem vou segurar???)Tem uma japinha quer mora no mesmo condominio que eu, uma delicia de menina, ja bati varias pensando nela. jo… essjacular em tuja boquita?!! -Animada com o imenso pedaço de músculo na boca, Gisele apenas fez menção de balançar a cabeça concordando e olhando-o com os belos olhos azuis, esperando ver sua face quando ele gozasse!!Gil viu quando Gisele sentindo que Ruddi estava pra gozar, baixou a cabeça até engolir toda a extensão da pirocona e em seguida passando uma das mãos por baixo do saco, como se o estivesse colhendo-o, levou-o de encontro a sua boca como se fosse engoli-lo também!! Gil se horrorizou com aquilo!! Gisele nunca lhe tinha feito daquele jeito!! Definitivamente ela estava fora de si!!Parecia que Gisele estava começando a gozar antes de Ruddi, pois sua outra mão tremia rapidamente entre suas pernas!! Então Ruddi não se aguentou mais e todo seu torso começou a tremer, indo sua cabeça de um lado pra outro!! Por fim ele levantou seu torso, ficando na posição sentado com as duas mãos na cabeça de Gisele enquanto uma erupção de esperma enchia a garganta dela!!Depois de diversas convulsões Ruddi se deixou cair de volta ao colchão enquanto Gisele soltava um urro ao respirar novamente depois do afogamento de esperma que teve, e deixou sua cabeça repousar na virilha de Ruddi murmurando enquanto sua respiração se desacelerava!!Gil pensou que agora eles iriam dormir devido a exaustão que ambos demonstravam.