Novinha Gata Dançando Pelada

2 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , ,

Novinha Gata Dançando Pelada

Novinha Gata Dançando Pelada

Ela era uma raimunda novinha e bunduda.

Depois disso terminamos a comida e ele foi embora, mas voltou outros 3 dias. Acabamos dormindo bêbadas e peladas.

E vou te falar uma coisa: devia ser muito bom!– Eu já imaginava isso… desembucha!– Você imaginava isso? Pois vou te confessar uma coisa, com toda seriedade: eu não imaginava não! Achei que íamos passar o dia conversando sobre arte e fazendo alguma coisa, pintura, escultura, sei lá. Lavei sua bunda com porra, ela ainda pegou em meu pau e lambuzou sua mão com meu esperma. PEDÍ Á ELE QUE ME DESSE TODO SEU LEITE DENTRO DE MEU CÚ.

Amanda: Pede pra comer vc agora. Ela não ofereceu resistência, como desejado segurou meu pau, sentindo a extensão e o tesão ali acumulado. Fiquei muito aliviado depois dessa conversa.

Voltei para casa e combinamos de no outro dia ir para lá.

Antes colocou um cd do George Michael para criar um clima e deixou só a luz do abajur acesa.

Ela disse que iria me ensinar tudo!!Ela deitou sobre mim e começou beijando meu pescoço, lambia e beijava, beijava minha orelha, dava uns beijinhos boca, tudo com calma e de um jeito bem safado.

Dá um tempo, porque eu não tô aguentando.

Eu já nem me preocupava com meu short, estava indignado e quanto mais eu me mexia, mais meu pau balançava dentro do short demonstrando que eu não usava nada sobre a pele além dele. Abaixei a blusinha dela, mostrando-lhe os seios, ele ficou olhando para ela, que nadafez a não ser dar um sorrizinho de safada. Sai da sala me limpei, e ficamos o resto da noite dançando e bebendo, pois eu já estava exalta.

Sentimentos de vergonha tentaram se insinuar mas o prazer que acabara de viver era maior.

"Como tal, quando ao final da tarde fomos finalmente para casa, o meu pai, a minha madrasta e eu, fiquei tão satisfeito de ter saído dessa festa que por momentos perdi a vontade de me tocar e decidi ir jogar para o computador.