Pedindo Prá Por Devargarzinho No Seu Cuzinho

54 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

54 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Pedindo Prá Por Devargarzinho No Seu Cuzinho

Pedindo Prá Por Devargarzinho No Seu Cuzinho

Aos poucos, ela vai relaxando e ele coloca outro dedo, abrindo mais ainda aquele lindo cuzinho.

Sentei no sofá do lado dele e começamos a nos tocar discretamente. O sábado seria meu último dia de feriado na casa dela pois precisava estar em São Paulo já no domingo e no mais tardar as 12 h.

Lembra quando terminei com o Diego? Eu vim chorar no teu ombro.

Passei, então, a buscar em classificados e sites do gênero, evitando os tipos estereotipados musculosos e peludos, que continuavam sem me atrair. Ele queria tirar o soutean não deixei.

Não darei o primeiro passo novamente. Só descobriremos daqui a uma semana,quando fizer o ultra. Começou com o indicador, depois foi enfiando dois, tês, e eu pedindo mais, ele enfiou quatro e eu pedindo mais. Foi então que lembrei que deixei o caminhão meio que atravessado lá no pátio. Voltei para casa e combinamos de no outro dia ir para lá. Coloquei a cabecinha no cuzinho dela e ela começou a soltar ums gemidinhos, com mistura de dor que tava me deixando cada vez mais maluco, nisso fui empurrando aos poucos e ela gemendo falando pra nao enfiar tudo de uma vez, e continuei ate ele entrar todo, quando entrou todo, falei pra ela que ia começar a bombar no cuzinho dela que era pra ela aguentar, e ela disse que podia mandar ver, ai comecei a empurrar de vagarinho e tirar, quando vi que ja tava no ponto comecei a cutucar firme ela, e ela la gemendo, segurei ela pelos cabelos e comecei a comer aquele cuzinho bem forte, escutava o barullho da bundinha dela batando em meu corpo, aquele cuzinho tava me deixando louco, e ela pedindo cada vez mais, e eu cada vez mais bombando, segurando seus seios e depois metendo o dedinho na buceta dela enquanto comia seu curzinho que ja nao era mais virgem, até quando falei que ia encher o cuzinho dela de porra e ela falou que ele era todo meu que eu fazia o que quiser com ele, foi quando soltei um jato de porra dentro do cuzinho dela, deixando ela todo meladinho, depois ainda enfiei no boca dela.

Fui me aproximando devagar, com medo dela se arrepender e me repelir.

"ERA UM SÁBADO TRANQUILO, EM QUE ME ENCONTRAVA SOZINHA E RESOLVI EXPERIMENTAR UMA FEIJOADA QUE ERA FAMOSA NÃO SÓ POR SER DELICIOSA, COMO PELA RODA DE SAMBA QUE LÁ SE INSTALAVA E ATRAÍA MUITA GENTE.

Frequentavamos um mesmo grupo de conhecidos pela internet, ao qual eu já tinha saído com 3 mulheres, e K.

Ela então me puxou pra cima de si e me beijou, disse que nunca havia sido chupada daquele jeito, e que nunca gozara sendo chupada, que estava em êxtase. Eu esfregava meu grelinho freneticamente e rebolava no pau dele, apressando a velocidade e pressão das estocadas.