Penetração Com Amigos – Trabalhando Numa Bunda Em Dois

visualizações

94 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Penetração Com Amigos – Trabalhando Numa Bunda Em Dois

Penetração Com Amigos – Trabalhando Numa Bunda Em Dois

Novamente entre o beijo ele começou a descer a mão pelos meus peitos, barriga, cintura, coxas e nada de passar a mão pela minha buceta que estava cheia de vontade a tempos!!! Na terceira vez não resisti e eu coloquei a mão dele em minha buceta e a calcinha já estava molhada e ele passou a mão sobre a calcinha mesmo abriu as minhas pernas e foi pressionando com um jeito maravilhoso!!! Não sei se por curiosidade ou por tesão mesmo estávamos MUITO relaxados e sem neura, mesmo os dois sendo virgens!!!EU ABAIXEI E CHUPEI NOVAMENTE O PAU , QUE ENDURECEU DE NOVO E O COLOQUEI ENTRE MEUS SEIOS. Não sabia porque ele queria que eu ficasse ali conversando ele, considerando que ele nem gostava de mim! Achava que ele iria ficar feliz se eu fosse sentar com os meus amigos e ele pudesse ir sentar com os dele.

Aquela experiência tinha sido incrível, nunca imaginei fazer uma dupla penetração vaginal na minha vida… embora tenha doido foi também muito excitante e queria experimentar novamente. – Me come!– Tem certeza, mãe?– Tenho, eu quero, depois a gente vê se é pecado ou não, mas eu quero agora!Não foi fácil entrar com tudo dentro dela, ela estava bem fechadinha, mas, finalmente, ele conseguiu e começou a bombar e Madalena a gemer e dali eles foram para o tapete, ela o cavalgou, ele a comeu de ladinho, ela ficou de quatro e ele a comeu assim também e ela, já tendo gozado, pôs o pinto dele na boca e o chupou até ele gozar.

Deste dia em diante sempre que o corno está trabalhando eu chamo este vizinho para foder, nós fodemos gostoso e o corno do meu marido até hoje não desconfia de nada.

Fiz oque ela pediia , fui fazendo mais rapido e mais e mais e começei a comer aquela bunda sem mais dó nenhumQuando ele parou a reclamar de dor e apenas gemia de prazer, tirei o dedo, puxei-o deixando meio de quatro – embora de pé – e encostei meu caralho duro como uma pedra em sua bunda.