Pornô Caseiro Vadia Bem Safada Metendo Gostoso Na Buceta Dessa Rabuda Bem Deliciosa Para Amigo Bem Gostoso De Franca – Sp

11 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

11 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

Pornô Caseiro Vadia Bem Safada Metendo Gostoso Na Buceta Dessa Rabuda Bem Deliciosa Para Amigo Bem Gostoso De Franca – Sp

Pornô Caseiro Vadia Bem Safada Metendo Gostoso Na Buceta Dessa Rabuda Bem Deliciosa Para Amigo Bem Gostoso De Franca – Sp

Bom, passado algum tempo desde minha primeira aventura sexual com a namorada do meu amigo, eles casaram e tiveram uma filha inclusive.

-Geme sua vadia,geme!!Quero ouvir seus gemidos sua putinha. com eles e o espaço reduzido pra tres, ficou mais gostoso ainda, pois nossos paus se encontravam todos duros como pedra, Gabriel com um pouco de receio pegou no meu pau e ameaçou uma punheta de leve sentindo o calor e a textura do meu pau, nisso Tavinho se abaixou e pegou o pau do Gagriel e colocou na boca, deixando o moleque molinho, com tremor nas pernas.

-Ahhhhhh – Foi tudo o que ele conseguiu dizer no momento, e assim que recuperou o fôlego me chamou novamente de puta e repetia sem parar :– Aí que delícia, vai rebola mais, sua puta rabuda, vai, vai, isso, rebola essa buceta no meu pau vai.

Vc veio ajoelhou de frente para traseira do carro e esfregou sua gostosa e a bunda na minha cara, eu podia ver toda sua gostosura, dei uma lambida na bucetinha e fui até seu secretinho e vc gemeu e esfregava ela em mim, meu pau impinado diante dos seus olhos e falou: Nossa!!!!!!! É grosso!!!!! Segurou e acariciava ele com sua mão e falou: deixa eu ver se ele entra na minha boca, eu estava te chupando deliciosamente, quando senti sua boca fazendo uma chupetimha nele me deixando muito louco e eu sugando sua bucetinha, alternava, ora chupava, hora lambia e vc muito excitada calvagada em cima da minha língua, estava muito doida sentido minha língua e chupava meu pau de um modo muito gostoso que só uma esposa safadinha e bem putinha poderia chupar tão gostoso e foi aproximando do gozo e me chupava como lou ca e esfregava sua buceta gostosa em toda minha cara e começou a ter sinais que ia gozar e gozou sen sacionalmente, mas todo tempo com meu pau na sua boca safada, eu continuei te chupando até que você quase que gritou, negão sacana vai me fazer gozar de novo, chupa negão, que tá gostoso, chupa!!!! Assim seu safado chupa!!!! Isso mete sua língua assim gostoso no meu grelo!!! Chupaaaa!!!!!mais!!!! Mais!!!! Voltou a chupar meu pau e chegou para frente um pouquinho e meti minha língua no seu cusinho que está piscando de tesao, eu precionava ele com minha língua e ouvia seus gemido mas não tirava a boca do negão até um momento que falou, não podia imaginar que um casete negão fosse assim tão gostoso e voltou a chupar e eu chupava o cusinho e masturbava seu grelinho vendo vc se torce de tamanha sensação de prazer e me chupando sugando doidamente e passou sua mão na minha bunda e colocava seu dedo no meu anus e eu sentia uma sensação louca e vc vendo minha excitação vc chupava e passava o dedo com mais vontade me masagiando e botando o seu dedinho em mim, minha sensação te excitou ainda mais, nós dois estávamos como loucos se torcendo gemendo, urrando e nos abrasamos, vc murmurou: vou gozarrr!!!! chupa negão sacana meu cusinho assim que já vou!!!! Tá gostoso duo língua aí! Ufaaaa!!! Gostosooo!!!! Sua boca acelerou o vai vem no meu casete, seu dedinho atrevido tb acelerou me excitando loucamente, verdadeira sacanagem alucinante que vc fazia comigo, falei: safada vc tá quase me fazendo gozar, vc é uma putinha muito assanhada e sacana que agora tá fazendo eu gozaarrrr!!!!!– Ainda precisamos terminar tudo isso.

Meu pai tem uma fazenda na região de Várzea Grande, onde sempre passávamos os finais de semana, e dessa vez fiquei muito nervosa quando meu pai disse que o Tiaguinho passaria o final de semana na fazenda conosco. – Quer aproveitar, né, seu safado?– Eu quero… você não quer?– Sou tão safada quanto você, Caio… claro que quero! Coloca o carro aqui na garagem, vou querer transar aqui mesmo!Enquanto ele punha o carro lá dentro, ela já foi tirando a roupa e o esperou nua.

Depois de muitos beijos e dedadas o safado me colocou de costas para ele, abaixou minha calcinha, abaixou sua roupa, mandou eu empinar meu rabo e colocou sua pica dentro de minha buceta. Francamente eu fiquei com medo de morrer naquela hora, os caras pareciam meio sádicos e visivelmente estavam se divertindo muito com minha situação. Chegando lá, o caseiro nos deixou sozinhos.

Ele veio por trás e já socou de vez na minha bucetinha,com força,metendo sem parar.

A sala era bem ampla, com uma mesa de centro de madeira branca bem grande, uma bela televisão que quando ligamos já iniciamos em um desses canal pornô.

Tentei de vários jeitos , tipo: Vai mãezinha …Isso mesmo mãezona…ou chamar pelo apelido…Me chupa gostoso, Ciça …mas ela parecia nem estar aí, sem se desconcentrar daquela atividade , que posso até chamar de “Aquela Arte”e arrisquei :à porta para ver o que estava acontecendo, então eu disse que não era comcomeçou a gemer alto não demorou muito e gozou, eles me colocaram de quatro,“Mete mais, mete mais ,filhinho.