Putaria Brasileira Vagabunda Peito Grande Fudendo Taradão Da Vila Da Penha – Rj

37 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

37 seg

Categoria:

Tag:

Putaria Brasileira Vagabunda Peito Grande Fudendo Taradão Da Vila Da Penha – Rj

Putaria Brasileira Vagabunda Peito Grande Fudendo Taradão Da Vila Da Penha – Rj

"Qual vai ser a sua Caio?-Eu já sei oque fazer…E quanto a você Didi? Vai fazer oque?Eu preferi abrir mão de qualquer coisa, então disse:-Já me contento com qualquer coisa que Caio fizer…-Está com peninha Didi? Depois de tudo que aconteceu? Vai deixar barato?"No conto anterior,relatei a transa que tive com uma garota de programa que conheci em um puteiro e agora venho contar a delícia de foda que tivemos entre eu, Leona e meu amigo Lucas,ele tem 27 anos,é branco,tem 1,80 cm +-,corpo médio forte,cabelos pretos e é taradão por mulher assim como eu. O Felipe ainda embaixo de mim, ouvindo meus gemidos, pega meus peito e começa a mamar, isso me leva a loucura, com a outra mão ele me masturba brincando com meu grelinho e fala pro Pedro “come logo esse cuzinho, essa vagabunda tá adorando seus machos metendo rola gostoso”, solto mais um gemido e ele enfia a cabeça da sua rola, grito, mas o Felipe me distrai atacando ainda mais meu peito e grelinho, o Pedro continua suas envestidas no cu apertado, então relaxo e começo a gostar, ele bomba devagar, vai mais e mais e então eu gozo, gemendo alto e falando palavrões.

Deu 13:00, voltei seco pra beber e fazer putaria, escuto do portão a risada alta da Sabrina! Penso: ‘Tem visita,uma família ainda!’ Ao entrar e dar oi vejo pela 1ª vez em anos as 3 amigas pondo a fofoca em dia. ISSO ACENDEU-A MAIS AINDA, POIS LARGOU O COPO E FOI APROXIMANDO AQUELA BOCA APETITOSA DO MEU CENTRO DE PRAZER, QUE LATEJAVA ANTEVENDO O QUE SUCEDERIA! BEM DEVAGARZINHO PRESSIONOU OS LÁBIOS NA MINHA BUCETA E FICOU EXALANDO O AR QUENTE DE SUA RESPIRAÇÃO DIRETAMENTE NELA…NOVAMENTE MINHA TEMPERATURA SE ELEVOU, COMECEI A ME RETORCER DE TESÃO E AÍ ELA ME FEZ GOZAR LAMBENDO MEU GRELINHO, ENQUANTO ME PEDIA PARA ABRIR BEM MEUS GRANDES LÁBIOS, MOLHAVA SEU DEDO MÉDIO COM SALIVA, ENFIAVA DENTRO DE MIM, FAZENDO MOVIMENTOS ÁGEIS DE VAI E VÉM… UH! QUE DELÍCIA, QUE GOZO, QUANTA SATISFAÇÃO ELA ME DEU!ENTÃO, DEITEI-A NO TAPETE, FUI POR CIMA DELA E A FIZ SENTIR NA BOCA O LÍQUIDO QUE ESCORRIA DA MINHA XOTA PARA AUMENTAR SEU NÍVEL DE EXCITAÇÃO…FUI DESCENDO MEU CORPO, ESFREGANDO A BUCETA NO BICO DE SEUS SEIOS, PASSEI PELA BARRIGA, PRESSIONEI XOTA COM XOTA ATÉ CAIR DE BOCA NAQUELE GRELO QUE ME SURPREENDEU PELO TAMANHO AVANTAJADO…PRIMEIRO, PASSEI BEM DEVAGAR A PONTINHA DA LÍNGUA NELE, SABOREANDO SUA TEXTURA PARA, EM SEGUIDA, DAR PEQUENAS ESTOCADAS DESLOCANDO-O PARA UM LADO E PARA O OUTRO, O QUE A LEVOU A DELICIOSOS ESPASMOS E A URRAR QUANDO O GOZO EXPLODIU VIOLENTO E MARAVILHOSO DE SUAS ENTRANHAS!NI E EU TIVEMOS MOMENTOS GLORIOSOS JUNTAS, MAS SUA POSSESSIVIDADE EXIGIA A MINHA EXCLUSIVIDADE, COISA QUE NÃO ESTAVA DISPOSTA A DAR.

Ele foi até lá e viu que, de fato, a namorada estava empenhada em passar um pano molhado no chão da cozinha. "Deitei-me em seu peito tentando acalmar minha respiração, suas mãos quentes acariciavam meu cabelo.

Ele se posicionou e penetrou na minha bucetinha me fazendo gemer de tesão, ai q pika delicosa, cada vez estocando mais e mais forte batendo nos meus seios ele falava geme sua puta geme no pau do seu macho e aquilo me deixando com muito fogo, tirou o pau da minha bucetinha e mandou eu ficar de 4 imaginando o que ia acontecer, mas ele começou comer minha bucetinha novamente me fazendo gozar naquele pau me fudendo forte, quando ele sentiu q eu gozei me disse que não tinha acabado e colocou o polegar no meu cuzinho dando mais estocadas na minha bct nossa eu tava gostando de tudo aquilo até que ele tirou o cacete na minha xaninha e deu seu pal com meu mel pra chupar q dlç eu estava sendo uma putinha de vdd, ainda de 4 ele deu um tapa na minha bunda eu gritei ele disse cala a boca cadela você vai gritar agora e ele foi introduzindo aquela rola no meu cuzinho na hora senti dor e prazer ao msm tempo, meu cuzinho tava latejando de dor quando passou a cabeça ele parou e ficou admirando e começou a forçar até entrar tudinho, quando entrou tudo ele ficou parado com a pika no meu cuzinho pra me acostumar e começou a meter devagar no meu cu aumentando a velocidade e cada vez fudendo mais forte meu buraquinho e eu gostando e gozando até que ele anuncia que vai gozar, tirou o pau do meu rabinho e colocou rapidamente em minha boca começei a chupar e logo senti aquela porra quente entrando em minha boca q dlç.

Tenho 36 anos, e o meu gatinho de apenas 19, sou casada mas meu marido esta para o Japão a 03 anos, a trabalho (Sou Brasileira).