Safada Fode Na Avenida

73 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

73 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Safada Fode Na Avenida

Safada Fode Na Avenida

Ele levou o carro até o “paraíso dos barbeiros” como era chamada uma avenida que era bem deserta. "– Olha eu nunca fiz isso, mais como você é meu primo e sempri tive vontade de fazer isso, vou te dar o prazer de ser o primeiro,faz com carinho.

Ele começou a bater o pau na areia e a roçar na coxa de Érika. Depois perguntei se além de encochar eu também bati nela e ela falou de novo que sim. Gemidos eram ouvidos por todos os lados. Num determinado momento minha esposa resolveu levar o filhinho da Mariana pra dormir e acbaou dormindo tambem, em seguida o marido dela e minha filha com o namorado, foram ao mercado buscar mais bebidas e carnes para continuar o churrasco a noite.

Eu – e vc chupa bem? quando falei isso abaixei a calça e meu pau pulou para fora, ela olhou com uma cara de safada e falou – faço e muito.

meu deus que tesão! Quase perdia a linha.

"Bom, uso o nome fictício de Fernando, tenho 24 anos e sou do Paraná. Dei um beijo nela e perguntei mais uma vez se não era nada, ela me beijou e nadou de costas nos deixando ver claramente suas tetas nuas, ficamos admirando ela se afastar do barco até que dei ordem para o Silvio ir. Gostara dele pelas conversas no restaurante e depois na caminhada. Rapidamente , Simone virou em direção ao meu cacete e abocanhou sorvendo com os lábios as últimas gotas de porra que teimavam em sair.

Em seguida dei aquela gozada Aí. "– Ahh!! Vem cá!! Seu beijo é tão gostoso!Mal acabei de gozar, ele me virou de costas pra me apoiar numa árvore, ele abriu sua calça deixando-a arriada em seus pés e colocou seu pau duro e grosso entre minhas coxas. Como demorei alguns dias pra voltar essa cena acabou se repetindo todas as noites daquela semana, sempre o mesmo negão roludo, mas o parceiro dele era um diferente toda a noite, durante o horário de serviço e também fora dele, pelo jeito o quartel inteiro queria fazer festa com minha esposa, e eu muito excitado pude presenciar tudo. Não achei estranho pois ele sempre viajava; o problema é que dessa vez ele teria de ficar fora de 20 a 25 dias organizando os detalhes de uma convenção da empresa onde trabalha.