Universitaria Rabuda Sentando Na Vara Do Professor

41 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

41 seg

Categoria:

Tag:

Universitaria Rabuda Sentando Na Vara Do Professor

Universitaria Rabuda Sentando Na Vara Do Professor

Não perca a versão em áudio deste conto, que você pode ouvir em:E dai em diante ele constantemente colocava em minha imaginação a situação de eu estar transando com outro homem, e eu até gostava de fantasiar isso, mas nunca tive a intenção de por em prática, me faltava a coragem, mas ele não parava de falar sobre o menage-a-trois. Pedi para que ele escolhesse a posição. Levamos as putinhas pro hotel;quando estávamos no bem bom,Anderson nos interfona informando que a puta que ele estava estava roubando grana da carteira dele enquanto ele estava no banheiro;ele mandou ela embora e a puta que estava com Ferreira também foi dispensada.

Parecia que ela tinha parado de respirar, não sei se pela dor ou pelo tesão.

Enquanto puxava seu vestido pelas pernas ia apresentando minha boca as outras partes ainda desconhecidas daquele corpo que vibrava de excitação. É que eu não me sentiria bem deixando de descrever os detalhes que pra mim fizeram toda a diferença. Aí, nem te conto, ouvimos o barulho de um carro chegando e alguém bateu a campainha.

a gente sabe que vc vai voltar putinha rabuda, e me comeram quase que diariamente por uns 40 dias…. – Ela tinha acelerado os movimentos da mão. Já o meu querido professor parecia estar arrependido mesmo gostando da maneira que eu o chupava. Logo você já conseguia fazer sozinha e eu fiquei só apreciando.

A buceta encharcada e pingando, bem meladinha.

Na poltrona em nossa frente a Paulinha estava de pernas abertas e o Mauro chupando o grelinho dela enquanto enfiava dois dedos na xoxota. Eles se beijaram e começaram a se amassar na piscinaAchei legal e comecei a brincar dizendo que deveríamos contar algo sexual que tínhamos vontade de fazer. E teve um dia que a Clarissa, já subindo pelas paredes, resolveu atacar. Eu tirei a camisinha cheia de porra dei um nó e joguei pro lado.

Então lembrei de um jovem que faz entregas para a farmácia do bairro onde moro. "Nilce era uma universitária de 23 anos, bonita, corpo bonito também, e muito ousada.