Vazou No Whatsapp Mais Um Video Amador Gostosa Brasileira Gemendo Pra Valer Nessa Foda Gostosa Com Colega De Trabalho No Rio De Janeiro

3 mins

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

3 mins

Categoria:

Tag: , , ,

Vazou No Whatsapp Mais Um Video Amador Gostosa Brasileira Gemendo Pra Valer Nessa Foda Gostosa Com Colega De Trabalho No Rio De Janeiro

Vazou No Whatsapp Mais Um Video Amador Gostosa Brasileira Gemendo Pra Valer Nessa Foda Gostosa Com Colega De Trabalho No Rio De Janeiro

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Certo dia eu estava na balada bebendo uma cerveja e com quem eu me deparo?! Com ela, a professora gostosa que eu sempre tive o fetiche de foder, não perdi tempo e fui para perto dela conversar e oferecer uma bebida. – Seu idiota! Num sabe que caçar é proibido?!Depois de ler este conto, acesse o vídeo em:Depois de muitas conversas e várias discussões minha esposa passou a entender que também sentia falta de algo novo e mais quente, entretanto havia ao longo da vida adquirido padrões vitorianos de liberdade sexual, para entenderem até mesmo se tocar ela ainda não dominava e nem mesmo sentia o prazer de verdade que isso pode dar. bom galera agr pra cortar um pouco o clima de incesto e tals quero falar sobre minha namorada a mesma do conto da suruba primeiramente quero dizer que a amo muito e que quero passar o resto da minha vida com ela a gente se conheceu no nono ano ela era aluna nova muito bonita morena olhos castanhos peitos médios pra idade que balançavam quando ela corria mas eu nunca tinha conseguido reparar na bunda dela pois ela sempre estava com um casaco na cintura tampando então nunca tinha conseguido reparar nos éramos relativamente amigos sempre conversávamos e tals mas um dia teve um trabalho na escola e ela teve que vestir uma roupa que não era da escola e ela colocou uma blusa xadrez e uma calça branca rapaz a bunda dela era gigante na hora fiquei muito excitado mas n fiz nada pq calça branca aumenta o quadril então fiquei normal quando ela voltou do banheiro com a calça da escola vi que era grande mesmo e fiquei ainda mais excitado mas logo depois ela colocou o casaco da cintura teve gente q falou com ela sobre isso aparente não era so eu que tinha prestado atenção uns dias depois rolou uma chuva mt forte eu já tinha ido pra aula e ela tb mas a escola tava vazia nos perguntamos pro porteiro se ia ter aula e ele falou que não nem os professores tinham vindo mas como a chuva tava muito forte não dava pra voltar pra casa então estávamos so eu e ela na sala e começamos a puxar um papo nos conversamos por muito tempo ate que ela falou de praia ai eu perguntei se ela costumava usar biquíni na praia ela falou q usava mas q tinha vergonha pois a bunda dela era muito grande eu falei pra ela que não tinha que ter vergonha muitas garotas queriam ter uma bunda daquelas ela riu e tirou o casaco da cintura virou de costas pra mim e me perguntou se eu não achava mt grande eu tava me segurando pra não pegar na bunda dela mas não peguei falei pra ela que a bunda dela era do tamanho muito bom nisso ela sentou na minha perna o que me deixou muito excitado aquela bunda na minha perna era a melhor coisa do mundo conversamos bastante com ela ali eu não prestava atenção apenas no corpo dela mas também no rosto sabe ele era tao linda e maravilhosa eu queria muito beijar ela mas não podia então em uma hora da conversa eu falei quem for seu seu namorado deve ter muita sorte de ter uma namorada com um bundao desses ela falou que não tinha namorado então mas queria ter eu perguntei que tal arranjar um agora então eu beijei ela foi com certeza o melhor beijo da minha vida ate aquele momento ela beijava tao bem era tudo tao bom ela ficou em cima de mim enquanto eu pegava na bunda dela e ela me beijava então desci um pouco sua calça e ela me perguntou se eu realmente queria fazer aquilo ali disse q faria aquilo com ela em qualquer lugar ela riu eu beijei sua nuca os cabelos longos e enrolados dela me deixavam tao excitado eu amava demais aquele momento então eu tirei a calcinha dela e peguei naquela bunda enorme era tao maravilhoso então ela me disse para tomar cuidado por que era a primeira vez dela eu disse que teria sim então ela teve que levantar pra eu tirar a calça quando vi aquela bunda enorme e deliciosa sem nada comecei a chupar ela se contorcia todinha eu não podia dizer quem estava gostando mais eu ou ela ainda estava com a blusa da escola eu peguei nos peitos dela e tirei seu sutiã ao mesmo tempo que chupava aquela bunda maravilhosa então ela teve um gozo anal nunca tinha visto uma garota ter um gozo anal antes dela então aproveitei e chupei o cu dela todinho depois coloquei ela de frente pra mim e chupe os peitos dela enquanto roçava meu pau na bunda dela então eu enfiei bem devagar na xana dela mas depois de um tempo começamos a foder sem limites ela gemia alto provavelmente o porteiro ouviu quando terminamos nem colocamos as roupas ficamos os dois pelados conversando e de vez enquanto nos beijávamos depois quando nossos pais chegaram e nos nos vestimos eu dei um selinho nela e fomos embora depois daquele dia viramos namorados e ate hj estou com ela e eu tb nunca a trai…Fim. Então conclui que valeria a pena ir a diante e assim fomos pro motel.

Bastaram alguns poucos minutos nessa sessão de sexo oral para a Amanda atingir o clímax, gozando ruidosamente sobre a cabeça do namorado.

Algumas raras vezes dormimos juntos: Quando fomos a um casamento de um primo no Rio de janeiro. “Claro que não, ficou doida?” Era o segundo mês, e eu fiquei lá seis meses, esqueceu? Tivemos chances de intercambiar muito depois desse primeiro! O que cada um de nós ensinou ao outro, vocês só podem imaginar!”"Depois ficamos deitados mais um tempinho e voltei a socar ela dei uns 3 tapas na cara dela nossa sua fisionomia tinha mudado parecia ter feito um download do capeta e mulher ficou endiabrada me mordia e eu ficava mais e mais! Até que ela foi embora nos despedimos e nunca mais nos vimos mais foi uma bela de uma transa!-“Amor, como eu não pude ir dormir com ele, marcamos logo cedo, ele me pegou ali na esquina e fomos pra casa dele, a viajem toda ele foi me elogiando e dizendo que eu estava muito gostosa, e finalmente ele ia me comer, quando chegamos mau entramos em ele já foi me agarrando e me beijando, fomos pro quarto dele e ele foi me despindo, sempre dizendo que eu estava muito gostosa, eu já estava só de calcinha e ele arrancou fora e começou me chupar, corninho confesso que você me chupa bem melhor do que ele, ele estava me chupando então pedi pra ele deitar, tirei o pau dele pra fora e comecei chupar, lamber a cabeça, descia e chupava as bolas, por muito pouco ele não gozou na minha boca, o pau dele é uma delícia pra chupar embora não seja tão grande, ele me deitou e começou a esfregar o pau dele na minha buceta, estava tão bom, ele começou devagar, enfiava bem no fundo e tirava, eu estava deitada e me abri o máximo que eu pude, ele enfim montou e começou a meter com força do jeitinho que eu adoro, ele fez eu gemer gostoso, eu pedia pra ele meter mais, pois eu tinha ido lá pra isso, amor o pau dele entrava muito gostoso na minha buceta, infelizmente ele não é tão experiente quanto pensei que fosse e gozou logo, mas foi bom e adorei dar pra ele, ele ficou um pouco sem graça por ter gozado rápido, então fomos tomar banho juntos, ainda chupei o pau dele no chuveiro mas parou por aí, disse a ele que eu havia gostado, e que minha buceta estava a disposição dele e que você sabia que era corno, e que na próxima vez meu coninho estaria junto assistindo e batendo punheta”.

Um dia ele me liga dizendo que tinha combinado com a Marcela e uma amiga para sairmos, assim fizemos, fomos busca-las, fomos pra um barzinho, a Marcela com meu amigoe eu com sua colega, bebemos e saimos pra um motel, assim que vi a Marcela gostei logo é uma morena linda, bunda e seios grande, e o amigo dizia que tinha uma chupada maravilhosa, mais fiquei com sua amiga e depois fomos deixa-las. br"olá me chamo Paula tenho 16 anos 1,60 de altura e 55kgo que vou contar pra vocês aconteceu comigo e até aconteçetudo começou quando eu sempre observava uma garota que mora narua que eu moro, a gente não nos falavamos só trocavamos olhares longoela sempre me encarava quando eu iria sair pra algum lugar, ela moravana parte de baixo da rua então sempre quando eu saia ela me encaravaa gente continuo essas trocas de olhares durante um bom tempão, ai eu começeia sentir uma forte atração por essa mulher maravilhosa, eu sempre mandava bilhetespra ela só que ela nunca respondia nada, e o ano passado em uma tarde ebsolaradaeu estava sentada em calçada e até que pra minha surpresa chega o sobrinho delaum papel e uma caneta e derrepente me fala “tia tá pedindo teu número do whatsapp”nossa quando ele disse isso eu não pensei duas vezes e fui logo escrevendo meu número pra ela, e ali estava ela na minha frente sentada na porta da casa da mãe delae foi desse dia que a gente começavamos a nos falar, quando ela disse o 1· “oi” nossameu coração gelou eu como sempre vergonhosa pra tudo rsrs até que a gente foi con-versando bastante e todos os dias foi se repetindo nossas conversa, como eu já tinhafalado o que eu sentia por ela só aumentava a cada dia que a gente nos falava…a gente foi pegando intimidade e eu fui criando coragem pra falar o que sentia por elapra minha tristeza ela era “hetero” tinha “2 filhos” eu sempre pedia um beijo a ela maisela sempre negava pra mim, quando chegava perto dela eu sentia um tesão encotrolavelpor essa mulher, até que um dia eu fui na casa dela depois que cheguei da escola e uela sentou em uma cama do filho dela e eu na outra, fiquei alí observando a beleza delai tomei coragem e começei a dar em cima dela pedindo beijo e tal, ela falou que tinhamedo, medo de eu contar pra alguém do nosso beijo e eu falei pra ela confiar em mimque não iria contar pra ninguém então nesse dia eu consegui um beijo delanossa que beijo encantador, muito gostoso um beijo dela foi ai que eu me encantei majsainda por ela, ai depois desse dia eu só desejava aquela mulher em meus braços maisiae mais, depois desse dia a gente continuamos nos falar normalmentepra ela foi como se não tivesse acontecido nada, mais pra mim aquele beijo não saiada minha cabeça e ainda não saiu, hoje em dia a gente somos bastante amigas, de vezenquanto a gente ainda dar uns beijos…. Eu gemendo e totalmente entregue a ele, somente confirmava.

Tenho 36 anos, e o meu gatinho de apenas 19, sou casada mas meu marido esta para o Japão a 03 anos, a trabalho (Sou Brasileira).